O Café Pimpinela
Em cada cidade do Rio de Janeiro, em cada rua que a gente passa, uma história é contada.

Em São Sebastião uma história se destaca e também faz parte da nossa, de uma certa maneira.

. Diz a lenda que o melhor café torrado de lá era vendido por uma mulher chamada Pimpinela, em meados do século XIX.

Todos os dias ela percorria ruas e vielas em busca de novos clientes, mas era nas redondezas do terreiro do Paço que ela entregava seus produtos nas melhores casas da cidade.

A Lenda da Pimpinela
Diz a lenda que tudo começou em meados no século XIX, na Vila de São Sebastião, na cidade do Rio de Janeiro. Os melhores bebedores de café da época garantem que era de lá que vinha o melhor café coado já antes provado.

Com cheirinho e sabor inconfundíveis, este café era preparado por uma mulher chamada Pimpinela de um jeito muito especial, com uma receita guardada a sete chaves, nunca antes revelada.

A Pimpinela percorria ruas e vielas todos os dias, em busca de novos clientes, muitas vezes sendo aguardada nas esquinas por seus fregueses mais fiéis e ansiosos.

Seu ponto final era nas redondezas do terreiro do Paço, onde hoje está localizada a Praça XV, e era de lá que ela entregava seus produtos nas melhores casas da cidade.

Quem provou nunca esqueceu o café da Pimpinela e seguiu passando esta lenda por gerações. O segredo da receita perdida? Poucos sabem, ou dizem saber, nada podemos afirmar… Aceita um Café Pimpinela?